CONHEÇA O SEU CARRO

SISTEMA DE ESCAPE

O sistema de escape tem de realizar várias funções:

Conduzir, com segurança, os gases de escape do motor para a parte traseira do veículo

Reduzir o nível sonoro do motor

Manter o rendimento do motor

Reduzir ou eliminar certas emissões do motor

É extremamente difícil determinar a vida de um sistema de escape. Existem muitos factores envolvidos, incluindo o clima, o tipo de condução e se o sistema é simples ou duplo. No entanto, como prática geral, a esperança de vida de um sistema de escape do mercado de acessórios de alta qualidade deveria estar próxima dos dois ou três anos, dependendo dos hábitos de condução e dos factores mencionados anteriormente.

Uma das principais causas de falha das peças do sistema de escape é a corrosão interna que ocorre como consequência da humidade ácida que é produzida, quimicamente, pela combustão do ar e a gasolina no motor. Como estes ácidos estão em contacto com o interior do sistema de escape, a deterioração destas peças ocorre, principalmente, de dentro para fora.

A humidade ácida é mais destrutiva quando as peças, tanto do motor como do sistema de escape, permanecem frias. Quando o motor e o sistema de escape estão totalmente quentes, os gases quentes que saem pelo sistema de escape evaporam o ácido condensado e enviam-no para o exterior pelo tubo de escape. Como resultado, as peças que estão mais próximas do motor aquecem primeiro, permanecem quentes mais tempo e deterioram-se mais lentamente que as peças que estão mais afastadas. Por conseguinte, os colectores de escape, os tubos e os conversores catalíticos tendem a ter uma esperança de vida muito maior do que os tubos de escape, os silenciadores ou os tubos de escape finais.

Devido aos ácidos que se produzem durante a combustão, o sistema de escape é uma das muito poucas partes do veículo que continuam a desgastar-se, inclusivamente quando o motor já está parado.

Os sistemas de escape também falham devido à corrosão externa provocada pelo sal e outros agentes químicos que se utilizam nas estradas no Inverno para aumentar a segurança do tráfego.

A linha de escape tem os seguintes elementos básicos:

  • Colector de gases - Recolhe os gases gerados pelas explosões do motor.

  • Elemento catalisador - Reduz a quantidade de elementos nocivos dos gases.

  • Silenciadores que reduzem a velocidade dos gases e o ruído que geram as explosões do combustível no motor.

Os seguintes sintomas são indicadores da deterioração do sistema de escape:

  • Vibrações ou ruídos - Indicam que algum elemento de fixação do sistema de escape está danificado.

  • Som grave, como o de carros de corridas - Indica que existe alguma rotura ou fissura na linha de escape.

  • Perda de potência - Indica o bloqueio do elemento catalisador.